Moisés face a face com Deus

Moisés pediu para ver a glória de Deus (Êx 33:18), mas o SENHOR disse-lhe que não podia ver Sua face, pois todo o homem que visse a face de Deus morreria (Êx 33:20). 

Parece uma contradição, mas não é? A expressão, em Dt 34.10, que diz que o SENHOR falava a Moisés face a face (também relatado em Êx 33:11) significa apenas que Moisés tinha uma intimidade profunda com o Criador. Significava que Deus podia falar com Moisés sem interferência, ele era submisso, temente e obediente a Deus, por isso Deus falava como se fala com um amigo (Êx 33:11).

Outros homens do Antigo Testamento tiveram experiências ou revelações especiais com Deus e afirmaram que viram a face de Deus, mas quando eles diziam isso, não significa literalmente que eles viram a face de Deus, mas sim que tiveram uma revelação especial de Sua parte.

Exemplos disso pode-se ver com Jacó, após lutar com o Anjo do Senhor disse que viu a face de Deus e sobreviveu (Gn 32:30),  com Gideão que disse que viu o Anjo do Senhor face a face e temeu (Jz 6:22, 23), com Isaías quando foi comissionado, ele disse que seus olhos viram o Rei e também temeu (Is 6:5). Nenhum deles viu a face realmente, ou a glória de Deus em Sua plenitude. 

João confirma isso dizendo no início de seu evangelho: “Deus nunca foi visto por alguém.” (Jo 1:18). Filipe, lembrando o pedido de Moisés, disse ao Senhor Jesus: “Senhor, mostra-nos o Pai.” (Jo 14:8) e Jesus disse que Ele era a plena revelação do Pai (Jo 1:18).

Deus conosco, Deus em carne, Deus feito menor que os anjos (Hb 2:7), Jesus, Ele revela a glória do Pai. Quando Jesus apareceu glorificado a João em Patmos, o discípulo fraquejou (Ap 1:17). Nenhum ser humano conseguiria ver a glória completa da Divindade por causa de sua natureza pecaminosa. 

Mas quando Jesus regressar nas nuvens do Céu, a ordem dessas coisas mudará, tudo será diferente, “porque agora vemos por espelho em enigma, mas então veremos face a face” (1 Co 13:12), aí teremos comunhão plena com Deus, nós O veremos face a face, “e a cidade não necessita de Sol nem lua… porque a glória de Deus a tem iluminado, e o Cordeiro é a sua lâmpada” (Ap 21.23). Que Deus nos dê o privilégio de estar com Ele quando essas palavras se cumprirem.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s